História

Para cada tipo de massa há um tipo de molho para que o prato fique perfeito. Os rigorosos italianos sabem que essa combinação é capaz de tornar uma receita simples em um jantar ou almoço completo e maravilhoso. Seus formatos e cortes, aliados com molhos e texturas, resultam em pratos saborosos e equilibrados.

Quer aprender fazer essa combinação em casa? Confira aqui:

Penne, Fusilli e Farfalle – Considerados um tipo de massa curta e média, tem formas e orifícios capazes de absorver os pedaços e sabores de cada molho. As combinações podem ser variadas, mas os indicados são molhos refogados a base de verduras e carnes, assim como molhos cremosos de queijo. Esse tipo também é indicado para salada fria e bem saborosa.

Quer aprender fazer uma penne ao molho de queijo com bacon?

Ingredientes
Tempero:
• Bacon picado
• Azeite
• Cebolinha picada
Molho branco:
• 40g de farinha
• 40g de manteiga
• 200ml de leite
• 1 pitada de noz-moscada
• 1 pitada de mostarda em pó
• 285ml de creme de leite
• 115g de queijo parmesão ralado na hora
• 200g de queijo gorgonzola

Modo de preparo
Tempero:
Frite o bacon no azeite e acrescente a cebolinha.
Enquanto refoga, comece a preparar o molho branco.
Molho branco:
Leve a farinha e a manteiga para uma panela e mexa até formar uma pasta.
Quando chegar a ferver, retire do fogo e acrescente o leite, aos poucos, voltando a panela ao fogo de vez em quando.
Coloque as pitadas de noz-moscada e mostarda e continue mexendo bastante para ficar com a textura lisa.
Em seguida, coloque o creme de leite e deixe ferver por dois a três minutos, aumentando o fogo até ferver.
Rale o parmesão e coloque na panela cerca de dois terços do queijo.
Em seguida e com a panela ainda quente, adicione também o queijo gorgonzola para derreter.
Prepare a massa e, depois de pronta, acrescente o molho de queijo e o bacon.
Para finalizar, se quiser, salpique um pouco de farinha de rosca, o resto do parmesão e pequenos pedaços do bacon.
Leve ao forno a 200°C por 20 minutos.

Para uma opção leve e fria, sugerimos a salada de farfale com tomatinho e muçarela de búfala.
Rendimento: 6 pessoas

Ingredientes
• 350 g de macarrão farfale
• 1/4 xícara (60 ml) de azeite
• 1 maço de cebolinha picado em pedaços de 2,5 cm
• 1 dente de alho, picado
• 150 g de tomate cereja cortado em 4 pedaços
• Sal e pimenta a gosto
• 140 g de queijo muçarela de búfalo, cortado em cubos
• 40 g de queijo parmesão ralado
• 120 g de manjericão fresco

Modo de preparo
1. Cozinhe o macarrão na água fervendo com sal, e seguindo as instruções da embalagem. Quando estiver cozido, escorra e reserve.
2. Em uma panela pequena aqueça o azeite. Refogue a cebolinha por 2 ou 3 minutos. Acrescente o alho e refogue por 2 minutos. Adicione o macarrão, o tomate, o sal e a pimenta. Deixe o macarrão esquentar em fogo baixo. Misture a muçarela e o queijo parmesão. Corte as folhas de manjericão em 2 a 3 pedaços. Ponha o manjericão e misture a salada. Deixe na geladeira e sirva fria.

Fettuccini, Tagliatelle e Papardelle – Massas achatadas e espessas como essas combinam com molhos mais grossos e de sabores fortes. Combinam também com molhos fortes, como bolonhesa, bacalhau, funghi. Você pode preparar um tagliatelle delicioso como ensina o chef Carlos Kristensen com mini legumes, queijo de cabra e nata fresca.

Spaghetti – Fios longos e finos como o spaghetti conseguem absorver melhor o sabor dos molhos. É aconselhado refogar esses com alho, azeite e tomate. É necessário ter atenção na hora de cozinhar para manter a consistência al dente. Seus molhos devem ser líquidos, encorpados, mas não muito cremosos. Opte pelos tradicionais molho pesto, de tomate ou béchamel. Você pode preparar um harmônico spaghetti como o chef Rodolfo de Santis com seu carbonara.

Curiosidades:

• Você sabia que dia 25 de outubro é comemorado o Dia do Macarrão?

• Sucesso na cozinha dos brasileiros, anualmente no país são consumidos mais de um bilhão de quilos da massa!

• Pesquisas apontam que na casa do brasileiro, pelo menos uma vez por semana no almoço ou jantar é “dia de macarrão”;

• Segundo a ABIMA (Associação Brasileira das Indústrias de Massas Alimentícias) o Brasil é o 3º país mundial produtor e consumidor de macarrão do mundo. Ficando para trás apenas da Itália e EUA;

• Existem mais de 45 tipos diferentes de macarrão além dos tipos tradicionais;

• Na Itália, em 1926, um soldado genovês deixou em seu inventário uma “cesta de massas” chamando-a de “macaronis”. Essa palavra seria derivada do verbo maccari, de um antigo dialeto da Sicília, significa achatar e que, por sua vez, vem do grego makar, que quer dizer sagrado.

Sucesso na cozinha dos brasileiros, anualmente no país são consumidos mais de um bilhão de quilos da massa!