Neste espaço, as estrelas serão as comidas que são referência da cozinha brasileira, deixando sempre um gostinho de quero mais.
*Programação sujeita a alteração sem aviso prévio.

Lia Quinderé, Sucré Patisserie, Fortaleza (CE)

Cardápio: Mini coxinhas

Formada pela escola francesa Le Cordon Bleu, com especialização em cake design pela Wilton School, em Chicago, está a frente da Sucré Patisserie. Com três unidades em Fortaleza, a marca também está presente em mais de 30 pontos de vendas no Brasil. Em seu currículo traz premiações como melhor Chef de Patisserie, no Melhores do ano da Revista Prazeres da Mesa 2013 e 2015; Melhor Doceria do Brasil 2015, no premio Gula e três anos consecutivos na regional Veja Comer&Beber Fortaleza. A chef está à frente da plataforma de gastronomia Pitada, em parceria com o grupo de comunicação Jangadeiro, assinando um programa de TV no SBT Ceará e um programa de radio na Bandnews Ceará, onde atualiza sua visão do mundo da gastronomia.

Sandro Gouveia, Quitanda do Pastel, Eusébio – CE

Cardápio: Pasteis cearenses – sabores da Serra, Mar e Sertão.

Famoso no Brasil inteiro por seus pastéis, a Quitanda do Pastel vem até o Fartura Fortaleza oferecendo uma porção com 3 pasteis elaborados com massa artesanal contendo recheios que remetem aos 3 grandes biomas cearenses: Mar (recheio de atum confitado, batata rosti e azeitona preta), o Sertão (recheio de carne de sol com cebola roxa salteado na manteiga de garrafa) e a Serra (recheio de banana da terra caramelada com açúcar e canela). Acompanham ainda Relish de Pimenta de Cheiro e melaço de caju e laranja.

Prazeres Quaresma do Saldosa Maloca (Belém - PA)

Cardápio: Bolinhos de Piracuí com molho de tucupi

O gentílico “combuense” não existe no dicionário, mas Prazeres Quaresma dos Santos, a Neneca, costuma usar esse neologismo para definir orgulhosamente sua origem. O lugar em questão é a tranquila Ilha do Combu, nos arredores de Belém, onde Neneca nasceu e foi criada. 

Leo Gonçalves, O Mar Menino (Fortaleza, CE)

Com passagem pelos restaurantes Epice, Mocotó, Esquina Mocotó, Remanso do Bosque, Roberta Sudbrack, Vito e Central (Peru), o ex-publicitário Leo Gonçalves retornou a Fortaleza, em 2015, para montar seu próprio restaurante: O Mar Menino. Em 2017 foi eleito Chef do Ano pela revista Veja Fortaleza, levando ainda os títulos de Melhor Restaurante da Cidade e Melhor Brasileiro/Regional para O Mar Menino. Em 2018 inaugurou sua segunda casa, o URU Restaurante, na praia de Icaraizinho de Amontada, a 190 km de Fortaleza. Nos dois estabelecimentos Leo Gonçalves desenvolve o que chama de Cozinha DOC – Denominação de Origem Cearense, usando o máximo de produtos locais e orgânicos, fazendo uma cozinha moderna, brasileira, nordestina e cearense.

Mari Sciotti, Quincho Cozinha & Coquetelaria (São Paulo, SP)

Cardápio: Croquetes de Palmito Pupunha servidos com molho de pimenta e maracujá.

Com receitas totalmente vegetarianas, a chef Mari Sciotti, do Quincho, vem chamando a atenção dos paulistas, mostrando que os sabores vão além do que se vê.